Regresso às aulas. Vai às compras? Há formas de poupar mais de 50 euros em material escolar

Regresso às aulas. Vai às compras? Há formas de poupar mais de 50 euros em material escolar

Segundo as contas da TVI/CNN Portugal, dificilmente se gasta menos de 70 euros por cada criança em idade escolar.

Mesmo no ensino público ou privado com contrato de associação.

Está oficialmente aberta a época em que se prepara o regresso às aulas. E fomos fazer contas.
Partindo de uma lista de material escolar do 3º ano aleatória, verificámos que, se comprar sempre marca branca, pode poupar 58 euros: esta opção ficou por 35 euros, enquanto que, comprando a marca de fornecedor, a lista sobe aos 93 euros. 

Outra forma de poupar, nem que seja a longo prazo, é o IRS. Por isso, não se esqueça: peça sempre as faturas com o número de contribuinte, seu ou dos seus filhos.

Com o IVA a 23%, o material escolar só pode entrar nas despesas gerais familiares. Deve separar as compras a 23% das que têm o IVA a 6%, como os livros e cadernos de fichas. Os manuais e cadernos de fichas que tiver de comprar entram nas despesas de educação.

Mas, antes disso, já pode ter tratado dos cupões ou vouchers, que lhe dão acesso a manuais gratuitos em todo o ensino público obrigatório ou privado com contrato de associação, desde que entregue os antigos na escola. Pode fazer tudo online na plataforma MEGA e depois recolher na livraria.

Voltando ao exemplo do 3º ano, as fichas custam 33 euros. Somadas ao material de marca branca já adquirido, são 68 euros. Este deverá ser o mínimo que gasta com uma criança neste grau de ensino. E os valores vão subindo à medida que a escolaridade aumenta. 

Boas compras!

fonte: cnnportugal.iol.pt